terça-feira, 30 de junho de 2015

TERREMOTO : FALHA DE SAN ANDREAS.

alerta de terremoto destruidor em LA

Do UOL, em São Paulo
  • Reprodução
    Cena do filme "Terremoto - A Falha de San Andreas" (2015), do diretor Brad Peyton
    Cena do filme "Terremoto - A Falha de San Andreas" (2015), do diretor Brad Peyton
A cena de um grande terremoto destruindo pontos turísticos dos Estados Unidos, como mostrou o filme "Terremoto - A Falha de San Andreas", do diretor Brad Peyton, pode não ser mais só algo restrito às telonas.
Um relatório do serviço geológico dos EUA alertou que o risco de "um grande terremoto" atingir o Estado da Califórnia aumentou dramaticamente, após cientistas descobrirem um vazamento de gás hélio na falha de Newport-Inglewood, perto de Los Angeles, a 64 quilômetros da falha de San Andreas.
Segundo cientistas, o achado também lança uma nova luz sobre a região da Bacia de Los Angeles. Ele revela que a falha é muito mais profunda do que se pensava, e um terremoto seria muito mais devastador.
A estimativa para a probabilidade de que a Califórnia seja atingida por um terremoto de magnitude oito ou mais na escala Richter nos próximos 30 anos aumentou cerca de 4,7% a 7%.
O estudo foi publicado no jornal eletrônico da União Geofísica Norte-Americana e da Sociedade Geoquímica.
O geólogo da Universidade de Santa Bárbara Jim Boles encontrou evidências de vazamento de hélio na superfície da Terra ao longo de um trecho de quase 50 quilômetros.
Considerado primitivo, o gás hélio é um vestígio do Big Bang, e sua única fonte terrestre é a superfície.
De acordo com o geólogo, a falha Newport-Inglewood parece estar localizada em uma zona de subducção, em que uma placa tectônica afunda sob outra, de 30 milhões de anos de idade, por isso é surpreendente a presença do gás ao longo da superfície terrestre.
"Os resultados são inesperados para a área, porque a bacia de Los Angeles é diferente das superfícies onde ocorre a maioria dos vazamentos de hélio", disse Boles em entrevista ao site de notícias britânico Daily Mail.
 
"Tivemos sorte de que a atividade sísmica na Califórnia tenha sido relativamente baixa ao longo do século passado", disse Tom Jordan, diretor da Southern California Earthquake Center e co-autor do estudo.
 
"Mas sabemos que as forças tectônicas estão apertando continuamente o sistema da falha de San Andreas, fazendo com que grandes terremotos sejam inevitáveis", completa.
Ampliar

Veja patrimônios mundiais que resistiram a terremotos12 fotos

8 / 12
Em 12 de maio de 2008, um terremoto abalou a cidade de Dujiangyan, na China. Listada como patrimônio histórico por seu sistema de irrigação construído em 256 a.C., a cidade fica próximo ao rio Min em Sichuan, próximo à capital regional Chengdu. O tremor danificou alguns dos mais famosos locais históricos, incluindo alguns canais de irrigação que atraem milhares de turistas. Um mês depois, graças aos esforços de reconstrução, vários locais foram reabertos ao público iStock

Um comentário:

Valeria L. disse...

Obrigado por escrever a resenha. Talvez a história do Terremoto: A falha de San Andreas e inferir enquanto avança, mas eu acho que tem bons efeitos especiais, Quanto ao elenco Acho Dwayne Johnson compartilha a tela com um elenco novo e diferente. Não há necessidade de envolver grandes estrelas, com "The Rock" é suficiente. Pessoalmente, quando eu vi o trailer, devo dizer que achei chocante. Só que poderia qualificar-se como um bom filme de entretenimento e ação.